quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Conhecimento


Vinicius dizia que « a vida é a arte do encontro....embora haja muitos desencontros pela vida».

Mas, talvez, o maior desencontro em que incorramos seja connosco, com o que deixamos de conhecer em nós...
Penso que todo o conhecimento, vem de dentro para fora, e não no sentido contrário.
Também acho que raramente ensinamos alguma coisa a alguém...Talvez o mais importante não seja ensinar, mas darmos espaço para que se possa aprender.
Não aprender não implica, ser-se menos inteligente, desinteressado, ou "infantil". Implica simplesmente,não poder aprender, pelo que isso evoca dentro de quem aprende. Já os que aprendem tudo-(sem contestação ou critica)- não aprendem, decoram e repetem
Para quem repete, compreender ou aceitar são a mesma coisa. Para quem pensa, compreender é re-criar...

Na vida, o importante não é saber tudo, mas o essencial...

33 comentários:

mik@ disse...

:)))))))))))

olá

adorei o teu texto :) acho que está certa no que dizes...

é importante respeitar o espaço de cada um, dar-lhe tempo e poder de decisão para querer assimilar que que temos para oferecer...

mais importante é despertar a curiosidade, a vontade de, o sentido critico... porque quem tem sentido critico saber ver uma mesma coisa sob vários pontos de vida.

:) há coisas que vem com a idade, com a experiência de vida... e não adianta tentar ensinar algo a quem não quer, o melhor será deixar que aprenda sozinho, assim saberá dar o valor...

beijinho :)

Sorrisos em Alta disse...

Muito bem dito!

Peço desculpa por aproveitar este pequeno espaço para fazer um bocadito de publicidade:

Convido-vos a todos para um sábado à tarde junto ao rio, com sorrisos, sol e violinos!

expressodalinha disse...

Sou dos que não tenho grande interesse em me conhecer a fundo. Prefiro ser surpreendido. Infelizmente cada vez me surpreendo menos. No resto, concordo. Pouco temos a ensinar e seria bom não o querermos fazer. Normalmente quando o tentamos, estamos a exibir gratuitamente o nosso ego.

Manuel Damas disse...

Tenho sentido a sua falta no meu blog.

serena disse...

A vida vai andando e nós ao compasso dela, se paramos e pensamos, sem angustias , nem negações , acredito que aos poucos sim nós vamos conhecendo, e talvez fiquemos surpresos da nossa capacidade para o bem e para o mal.
gostei de passar por aqui e do k li

Atever disse...

Mas, talvez, o maior desencontro em que incorramos seja connosco, com o que deixamos de conhecer em nós...
E, no entanto, anda por aí muito boa gente que pensa conhecer-se muito bem.
No que me diz respeito, ainda consigo surpreender-me muitas vezes comigo próprio. E gosto de me ir descobrindo aos poucos. Assim não corro o risco de me fartar de ser eu.
E se alguém acha que me conhece bem engana-se.
Beijos.

Miudaaa disse...

Muito BOOOM...
Parar para Pensar e Olhar Escutando, nunca é demais relembrar. nunca.

Valioso o pensamento "para quem pensa, compreender é re-criar" PENSEMMM POR FAVOR, PENSAM???

Um beijo e um abraço da miudaaa_contente

Belzebu disse...

O grande problema não está em pensar as coisas, está em entender e aceitá-las! Esse é um esforço que por vezes é enorme, já que "as coisas" nos são cada vez mais apresentadas como factos consumados!

Aquele abraço infernal!

Gione disse...

E como saber o que é o essencial?
E se tudo o que conhecemos em nós, sobre nós é o essencial para sermos felizes e fazermos os outros felizes?
Todos os dias aprendo, conheço e reconheço e só assim sou feliz!
Beijinhos
Gi

Mahira disse...

É preciso é saber ser selectiva!

Dualidades disse...

Nesta vida maluca é impossivel saber tudo! Temos de ser selectivos e escolher aquilo que queremos aprender!

Dualidades JP

Crestfallen disse...

Não poder aprender não me parece que seja algo muito comum nos nossos dias. Não querer por conformismo é.

Não considero decorar aprender.

"Na vida, o importante não é saber tudo, mas o essencial..."

E não será um pouco de tudo, essencial? Ninguém tem de ser um génio, mas ter boas bases, boa cultura geral independentemente de estudos é uma vantagem.

Acima de tudo é preciso pensar, pois só pensado, se tem opiniões e tendo opiniões torna possível o conflicto saudável. Trocando opiniões é uma forma de aprendizagem.

Ju disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ju disse...

Eu penso que ninguém aprende rido. Só aprendemos as coisas quando nos damos mal.
De qualquer maneira, estamos sempre aprendendo alguma coisa, por bem ou por mal.

Beijos.

A Flôr disse...

Estamos sempre a aprender. Sempre! em todas as circunstâncias, sejam elas boas ou más, aprendemos sempre qualquer coisa!... devemos ter sempre o desejo de querer aprender... de sermos perspicazes e "perceber" qual a lição a aprender naquele momento, naquela situação....

Xi-coração te deixo e votos de um GOOD fim-de-semana.

Flor :)

A Flôr disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
A Flôr disse...

Apaguei o meu comentário porque, cliquei duas vezes e acabou por ser repetido! :) sorry!!! :))

Beijoquinhas da Flor

Andreia do Flautim disse...

Sim, porque decorar não é saber!

SAM disse...

e o mal é que morremos tão ignorantes quanto eramos quando nascemos...

Beijo doce e bom fim de coiso amiga!

Rita disse...

Eu acho que para aprender basta querer agora ensinar...
Jokas

migvic disse...

Verdade, maior parte das pessoas não aprende, decora.

Atever disse...

mjf:
Obrigado pelo comentário. Por acaso foi num programa sobre a história do café que eu descobri aquele "paraíso" (eheheh).
Cada vez gosto mais de café.
Beijinho.

Vício disse...

na vida, o importante não é saber tudo, mas ter o contacto de quem sabe...

Rui Caetano disse...

A vida está preparada para nos conceder tudo e nós, entretanto, vamos escolhendo o essencial para sermos felizes.

Teté disse...

São dois conhecimentos diferentes: o do teu EU, capacidades, competências, sentimentos; o exterior, onde te explicam e ensinam História, Geografia, Matemática, Arte, Ciência, Literatura, etc.
Quando o teu eu interior não tem curiosidade em saber ou conhecer, e se limita a decorar o que lhe ensinam, estás perante uma pessoa que à partida é limitada. Em contrapartida, outra pessoa que não tenha tido acesso a estudos, pode ter uma mente muito mais aberta e inteligente... mesmo com um menor conhecimento "global"!

Jinhos e bom fim de semana!

Viajante disse...

Conheço um homem sábio, que teve uma carreira notável nas letras. Saiu da ribalta, mudou de cidade, retirou-se para o campo e disse-me que prefere estar assim, quer dedicar o resto do tempo que tem de vida ao essencial...

Olhos de Mel disse...

Oie linda! Que belo post, viu? Isso é verdade, sim! Muitas vezes passamos bom tempo sem ter conhecimento sobre nós mesmos. Achamos que já conhecemos o suficiente e em algum momento nos surpreendemos com atitudes e reações que jamais pensamos em ter.
Fique com Deus! Bom fim de semana!
Beijos

Casemiro dos Plásticos disse...

belo post com a frase final a ser rematada com grande exito, visto que na vida os que triunfam são os mais espertos e não os mais inteligentes...
beijo

Francis disse...

O conhecimento é o resultado da nossa interacção com o meio que nos rodeia.

Também já me tentei encontrar, mas o outro EU não apareceu ao encontro :)

Alien8 disse...

De dentro para fora, mas também de fora para dentro, numa constante relação dialéctica. Compreender é fundamental, estou plenamente de acordo. Saber o essencial é já muito bom. Saber discernir o que é essencial também...

Um beijo.

SílviA disse...

saber Dar e receber...saber ensinar e aprender... estar em constante construçao. Isso faz com que a nossa vida tenha sentido e não incorra numa existência monotona e apatica.

Adoro essa frase do Vinicius :)

FM disse...

O problema é quando não sabemos ou queremos entender o essencial... Isso é que é um problema.

Rute disse...

Oi

Na minha opnião a vida vai ensinando conforme as vivências de cada um. O básico conseguimos ensinar aos outros, mas o que vai dentro ou o que somos vamos aprendendo ao longo da vida

bjokas