quarta-feira, 27 de maio de 2009

Dor partilhada/ Felicidade dobrada



Dois homens, ambos gravemente doentes, estavam no mesmo quarto de hospital. Um deles, podia sentar-se na sua cama durante uma hora, todas as tardes, para que os fluidos circulassem nos seus pulmões. A sua cama estava junto da única janela do quarto. O outro homem tinha de ficar sempre deitado de costas. Os homens conversavam horas a fio. Falavam das suas mulheres e famílias, das suas casas, dos seus empregos, onde tinham passado as férias... E todas as tardes, quando o homem da cama perto da janela se sentava, ele passava o tempo a descrever ao seu companheiro de quarto, todas as coisas que ele conseguia ver do lado de fora da janela.

O homem da cama do lado começou a viver à espera desses períodos de uma hora, em que o seu mundo era alargado e animado por toda a actividade e cor do mundo do lado de fora da janela. A janela dava para um parque com um lindo lago. Patos e cisnes chapinhavam na água enquanto as crianças brincavam com os seus barquinhos. Jovens namorados caminhavam de braços dados por entre as flores de todas as cores do arco-íris. Árvores velhas e enormes acariciavam a paisagem, e uma ténue vista da silhueta da cidade podia ser vista no horizonte.

Enquanto o homem da cama perto da janela descrevia isto tudo com extraordinário pormenor, o homem no outro lado do quarto fechava os seus olhos e imaginava a pitoresca cena.

Um dia, o homem perto da janela descreveu um desfile que ia a passar. Embora o outro homem não conseguisse ouvir a banda, ele conseguia vê-la e ouvi-la na sua mente, enquanto o outro senhor a retractava através de palavras bastante descritivas. Dias e semanas passaram.

Uma manhã, a enfermeira chegou ao quarto trazendo água para os seus banhos, e encontrou o corpo sem vida do homem perto da janela, que tinha falecido calmamente enquanto dormia. Ela ficou muito triste e chamou os funcionários do hospital para que levassem o corpo. Logo que lhe pareceu apropriado, o outro homem perguntou se podia ser colocado na cama perto da janela. A enfermeira disse logo que sim e fez a troca.
Depois de se certificar de que o homem estava bem instalado, a enfermeira deixou o quarto.

Lentamente, e cheio de dores, o homem ergueu-se, apoiado no cotovelo, para contemplar o mundo lá fora. Fez um grande esforço e lentamente olhou para o lado de fora da janela... que dava, afinal, para uma parede de tijolo!

O homem perguntou à enfermeira o que teria feito com que o seu falecido companheiro de quarto, lhe tivesse descrito coisas tão maravilhosas do lado de fora da janela. A enfermeira respondeu que o homem era cego e nem sequer conseguia ver a parede. "Talvez ele quisesse apenas dar-lhe coragem...".

Moral da História: Há uma felicidade tremenda em fazer os outros felizes, apesar dos nossos próprios problemas. A dor partilhada é metade da tristeza, mas a felicidade, quando partilhada, é dobrada. "O dia de hoje é uma dádiva, por isso é que lhe chamam o presente."

Quanto a mim ...gosto muito de relembrar esta história quando ando menos bem!!!!



52 comentários:

Tá-se bem! disse...

Gostei muito, muito! O ser humano consegue surpreender (neste caso pela positiva) ..

Para ti Um beijo e que esta semana te traga partilhas felizes

O importante é ter com quem :)

Beijoooo

Maria disse...

Já conhecia esta estória, recebida por mail, há uns tempos.
Mas acho que aqui a li (reli) com outro olhos.
Afinal trata-se mesmo de fazer os outros felizes... que bom...

Obrigada por a teres publicado.
Um beijo

Fatima disse...

E devíamos lembrá-la ainda mais vezes....

Shakti disse...

E olha que fez-me muito bem ler esta história...veio na altura ideal ...

bj e obrigada

Miepeee disse...

Muito bonita esta historia.
E tao facil fazermos os outros felizes com pequenos gestos mas a maioria anda ocupada com o seu umbigo.
Beijinho.

Pepper disse...

Adorei...

Tanta coisa para nos preocupármos e só pensamos em nós.
Às vezes uma simples atitude significa muito para os outros.

Beijinho

vício disse...

sem duvida que é reconfortante fazer alguém feliz mas (há sempre um mas) será que essa pessoa merece o nosso esforço para a tentar fazer feliz?

Professorinha disse...

Que linda história... Fiquei emocionada! Mesmo bonita!
!
Beijos

maria disse...

Já conhecia esta história e continuo a achá-la linda e emocionante...

Por vezes é tão fácil ser feliz ou fazer alguém feliz...basta querermos.

Força para ti e ânimo.

Beijinhooos :)

Olhos Dourados disse...

Gostei dessa história!

Carracinha Linda! disse...

Esta história, que já conhecia, é uma verdadeira lição... Trazer um bocadinho de felicidade a alguém mesmo quando a realidade para nós também não é boa... Se todos fossemos assim, o mundo seria melhor, não?

Bjs!

bluefox disse...

Ánimo Maria!
É mais facil fazer alguem feliz quando nos sentimos felizes. Pensa positivo e bola pra frente, está um dia lindo, aproveita e vai passear ou fazer algo que realmente te apeteça, leva uma amiga daquelas que te fazem rir e espairece, vais ver que te sentes bem melhor, e depois... Amanha é outro dia.
Força e beijos doces

Ana M. disse...

é uma história incrivel que já conseguia, mas ainda bem que me lembraste,

como parece fácil fazer feliz alguém.

beijinho

Nanny disse...

Já o publiquei noutro cantinho mais escondido ;-)

Acho simplesmente lindo :-))

GATA disse...

Um dia alguém disse-me que estou sempre pronta para ajudar, mas quando eu preciso de ajuda digo "obrigada mas deixa lá..." :-) Porque não gosto de incomodar e muito menos de ser um 'peso'.

elvira carvalho disse...

Recebi esta história por mail, no principio do ano, mas emocionei-me de novo como se fora a primeira vez.
Um abraço

Blue Angel disse...

Eu já conhecia esta história, mas deu-me muito prazer voltar a ler!!!
Obrigada!!!

Beijo

Nivea

Parisiense disse...

Acabei de ler isto na Zabour...hihiihii

Faz-nos pensar que na verdade há sempre quem esteja pior e ainda nos estenda a mão...

Beijokitas

Rodopia... disse...

Nunca tinha ouvido nem lido essa história, mas é muito boa... para além de ser encorajadora!!
;)

pensamentosametro disse...

Adorei, sabes gsoto de pensar que ainda há por aí pessoas assim.


bjo


Tita

Cat disse...

Muito bonito!

A Gata Christie disse...

Já conhecia, mas sabe sempre bem relê-la. Tem uma mensagem muito bonita.

Luísa disse...

Olá

Obrigada pela partilha do texto e respectiva mensagem.

Um abraço

Luisa

lilipat2008 disse...

Esta história é muito bonita...

Conheço uma frase que diz algo assim: "é muito bonito ver um homem caminhar contra as adversidades, mas mais bonito ainda é ver outro homem a caminhar a seu lado."

bjitos...espero que melhores...:)

O QUATORZE disse...

Olá. Boa tarde
Bonita história, intensa, muito sensibilizadora em humanismo.
Bjs de amizade
LUIS 14

Bloguótico disse...

Precisamente... partilhar a dor para dividir a tristeza e partilhar a felicidade para a multiplicar! :)

Meg disse...

Ora aí está uma boa lição... vou roubar-ta para os meus momentos menos bons.

Beijo

Miguel disse...

Um grande Lema ...!

Bjks da M&M & Cª!

Sandra S. disse...

Não conhecia ! Que linda história! Um pouco de cor num dia cinzento com o meu .


um beijinho

miguelpontocom disse...

Bonito, muito bonito.

Kok disse...

A nossa imaginação é ilimitada e ajudar outros a terem um pouco de felicidade não custa nada.
Basta ter vontade para tal.
Beijokass sorridentes

maria inês disse...

Há histórias que nunca o deixam de ser! Excelente!!!!

stiletto disse...

Já conhecia esta história, é lindissíma. O fardo partilhado custa menos a carregar.

pepita chocolate disse...

Já conhecia a história , mas nem por isso me deixo de emocionar!

E fazer os outros felizes, muitas vezes ajuda-nos a ser felizes também!

Beijoca!

Ana disse...

O meu google reader diz que existe um post mais recente mas não aparece no blog:( De qualquer forma vou comentar. Eu concordo inteiramente! Até porque a verdade e o assumir da mesma acaba por cativar.
Um beijo

Mimo Azul disse...

olá!!!
A moral da história... concordo inteiramente! Não nos custa nada partilhar/arrancar um sorriso e isso vale muito a pena na amizade e na vida" :)

beijoca
um abraço cheio de mimo para ti

Silvia disse...

E com isto fiquei sem palavras e é tão verdade!!!!

Gosto de ler o que escreves! Faz bem à alma!

tanya disse...

Já conhecia esta história e é realmente muito bonito, não existe sentimento mais bonito do que querermos a felicidade do próximo sem esperarmos nada em troca. A felicidade é como um boomerang que volta sempre a quem o lançou :)

beijinhos

Myllana disse...

Uma história muito linda sim senhora:D

Vivendo e aprendendo.
Seja na dor ou no amor !


Beijokas

messy disse...

Até fiquei arrepiada!

Há uns 2 anos, enquanto estagiava num hospital tive um grande problema c um ex namorado. Apercebi-me do qt estava a ser pequenina e injusta por fazer daquilo (embora me tenha afectado, e muito) o fim do mundo, qd se abre uma porta de um quarto (q n era meu paciente) e vejo um rapaz lindo, mais menos da minha idade, preso a uma cama de hospital com uma força de viver que a mim só dava vontade de chorar. Grande era ele e o problema dele, pequena era eu e o meu problema.

Não sei que feito dele, mas nunca esquecerei o que senti naquele dia.

Anjo De Cor disse...

Gostei muito de leer este post ...
numa fase menos boa da minha vida.
Bjs*

White_Fox disse...

Excelente história!
bjs

André disse...

Há muito que deixei de acreditar em histórias de 'encantar', as pessoas são o que são e valem o que valem!

paulofski disse...

Nas camas dos hospitais vivem-se momentos únicos em que as pessoas procuram coragem, confortam-se e dividem palavras, partilham a esperança na dor. Um doente vai para casa com alta enquanto o companheiro de quarto fica ainda internado. Durante vários dias conviveram, conversaram e riram. Um par de semanas mais tarde o que tnha tido alta foi a uma consulta e assi aproveitou para visitar o antigo companheiro de quarto. Soube que tinha falecido dois dias antes e uma lágrima soltou-se-lhe na face.

DANTE disse...

Somos capazes do melhor. Pena que sejamos tão exímios na arte de fazer também exactamente o contrário :(

Beijo :)

expressodalinha disse...

É uma história que dá força.

Sunshine disse...

Obrigada pela partilha da história. A frase com que terminas é uma das que tenho guardada para estes momentos.
beijinhos com raios de sol

alfabeta disse...

Dá que pensar, sem dúvida.

bjs

A Flor disse...

Oh!Linda, conseguiste emocionar-me! Não conhecia esta bela história, lição... adorei... obrigado pela partilha...aliás, aqui pelo teu cantinho aprende-se sempre algo de importante e útil...

Tem um grande dia. E que a nossa felicidade passe por fazermos os outros felizes... linda esta mensagem, mais uma vez OBRIGADO pela partilha...

Fica bem. Fica com Deus

Flor

S* disse...

Ja conhecia. mas é sempre bonita de reler...

.carmencita disse...

Gostei tanto, tanto desta historia! Vou guarda-la, rele-la e relembra-la vezes sem conta! (;

LopesCa disse...

Já conhecia mas é sempre bonita de reler.