quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Inseguro(a)

Recados Para Orkut - RecadosOnline.com




Hoje estou a falar a sério....:=)


"Despreza-se um homem que tem ciúmes da mulher, porque isso é testemunho de que ele não ama como deve ser, e de que tem má opinião de si próprio ou dela".

René Descartes

Concordam???

58 comentários:

Rp disse...

E o que é amar como deve ser????

Responde-me sff. Preciso desse esclarecimento no sentido de apresentar a minha opinião... LOL

Beijinho

Manuela disse...

A insegurança vem de algum golpe "duro"... assim justifica-se determinados "momentos"... de ciúme... e quando este padrão se mantêm o "amor" tem os dias contados...
Mas quando não há antecedentes concordo plenamente com a frase de René Descartes...

Jotabê disse...

De tudo o que se fala acerca do ciúme, o, “ser um sentimento tão natural no ser humano como a rotina, a ira ou o próprio amor”, é o que eu prefiro.

para mim, ter ciúme é uma natural manifestação de valor pelo sentimento que se tem pela pessoa, tem-se ciúme porque se gosta, porque se ama, porque receamos perder o que gostamos, e, tal como o amor precisa de ser constantemente alimentado, também o ciúme precisa de ser apaziguado.

vejo o ciúme enquanto sentimento controlado, quando extravasa deste limite, então temos Shakespeare, Eça de Queiroz e psicólogos a falar dele.


:]

jocas

afectado disse...

Num mundo perfeito concordaria.

Mas neste em que vivemos nem por isso. E um bocado de ciúme nunca fez mal a ninguém. Atenção, um bocado... se cai no exagero vira doença!!

Beijos

Pong disse...

A René Descartes é uma sabichona da vida... upa upa.

Zé do Cão disse...

Amo e sou amado, já lá vão mais de 30 anos, adoro-a e adora-me. Estamos sempre em perfeita sintonia. Ciumes de quê. Partilha-mos alegrias e tristezas e sentimo-nos extremamente felizes sempre que viajamos sós.

Dezperado disse...

Eu acho que faz bem para os dois, ambos terem um "bocadinho" de ciumes um do outro.
Nao?

P.S. brigado pela visita.volta sempre.

Maria Manuela (M&M) disse...

A ciumeira mais não é do que o reflexo do défice de carácter... amar é também acarinhar os sonhos do outro...

Não tenho pachorra para complexados e coitadinhos...

beijo

Lisa's mau feitio disse...

Se não a ama como deve ser...
Se não tem boa opinião dela...

Para mim já não dava, amiga.

Beijos

Mas vou embora a pensar nisso...

Lisa

Olhos de mel disse...

Oie linda, tudo bem? Olha só; discordo dessa afirmativa. Primeiro porque amar, não existe regra. Cada ser sente de uma forma. E ciúme é normal sentir, desde que ele não torne a convivência impossível.
Belo post!
Beijos

carvoeirita disse...

depende dos ciumes!
Há ciumes bons daqueles pequeninos, do género: é preciso ires tão aperaltada para a reunião? quantos homens lá estão?qualquer dia ainda te roubam...
Mas existem ciumes maus, muito maus que tomam proporções que não cabem na felicidade do casal..conheci um casal em que o marido é que escolhia a roupa para a mulher vestir, e escolhia quase sempre golas altas e calças largas..eu ás vezes até dizia que qualquer dia vens para o trabalho de burka como as muçulmanas..e estou a falar nesta situação no passado pois é uma situação do passado que não resistiu obviamente ao passar do tempo.
Acho que um grande amor tem sempre que ter um pouquinho de ciumes..mas um amor pequeno baseado em personalidades igualmente pequenas e mesquinhas não é amor, é possessão, é doentia..é de evitar...
beijinhos!!

Dualidades disse...

Não. Numa relação onde não haja qualquer coisa de ciúme (desde que não se caia no exagero, porque isso é doentio) é porque não gostam assim tanto um do outro.

Dualidades JP

O renascer da Fenix disse...

Passa lá no meu cantinho que tens lá qualquer coisa para fazer...

Uma Grande Chama para ti

Marco Ferreira disse...

Para mim há dois tipos de ciúme. Aquele doentiu que indica falta de confiança e aquele ciúme natural de quem ama e que nunca é levado ao extremo.

Acho que quem ama deve sempre sentir um pouco de ciúme.

Bom fim de semana.

marinheiroaguadoce a navegar

Tulaunia disse...

Hummm, dependo do grau de ciumeira. Um bocadinho pouco é saudável ;)

Bom fim de semana

expressodalinha disse...

O ciúme faz parte do amor. A paranóia não. Quanto ao Descartes, gostava muito de trocadilhos!

Ka disse...

ui...um post tão curtinho mas com tanto para dizer...lol

1º - qual o conceito correcto do amar como deve ser?
2º - Desprezar é sempre um mau sentimento numa relação a dois

Mas anulando a parte do desprezar acho que quem gosta pode ter um ponta de ciúme, até é saudável e é mais uma forma de se demonstrar que se gosta do outro, mas atenção falei de Uma Ponta pois mais do que isso já entramos na insegurança, passando rapidamente na maior parte dos casos a sentimento de posse, que nunca deveria existir pois é do mais destrutivo que há.

Eu desprezo alguém que tenha um sentimento de posse sobre outrém, isso sim!

Por último não percebo como se ama alguém do qual não temos a melhor das opiniões...aí já não será amar então.

Beijos e bom fim-de-semana

Lux Lisbon disse...

Concordo!! Apesar de achar que uma pequena dose de ciúmes não faz mal,é sinal que existe desejo e não se quer perder a cara metade! :)

Mocho Falante disse...

Há uma ponta de razão e um ligeiro toque de exagero não achas?

Beijocas

Gione disse...

A dúvida é cartesiana!

Olá!! disse...

Há uns dias atrás respondi a um desafio sobre o tema ciúmes... uma coisa levezinha...
Comecei assim:
- O que é o Ciúme? No meu ponto de vista, ciúme é sinónimo de insegurança mas também de sentimento de posse. Nunca uma prova de amor.
O resto vão ler se quiserem ;;; não vos quero infernizar
Bom fim de semana e beijocas

FM disse...

Dá que pensar, inclusive no exagero...
Beijos com Essências.

O renascer da Fenix disse...

O ciúme é uma coisa natural, acho que faz mesmo parte da nossa natureza, como é possível amar sem ter um pouco de ciúme, não estou a falar de perseguições, nem de controlos policiais, nem de quebras de liberdade… só estou a falar daquele nervoso miudinho que silenciosamente sentimos no estômago, na iminência de uma ameaça que rompa o equilíbrio da relação…
Se leres bem com atenção os meus post… vais perceber que a falta de confiança é coisa que não se dá bem comigo…

Uma grande chama para ti...
Beijos

Safira disse...

O ciúme está para o amor como o sal para a comida: pouco deixa o prato insípido, em demasia é para mandar o tacho todo fora. Como em quase tudo na vida, o meio termo é o que melhor serve os interesses de todos.
Por acaso até acho lisonjeador um homem ficar 'preocupado' quando a sua companheira atira as atenções. Fá-los perceber que, se não a tratarem bem, há mais quem queira tentar! :)
Beijinhos e bom fim de semana

calminha disse...

amor também é ultrapassar juntos inseguranças , claro e sempre que o ciume não se torne doentio, possesivo, axo que é um sentimento presente na raça humana, como outro qualquer e não temos de condenar que ele exista, temos de estar atentos sim ao que ele nos pode causar , nada de exageros , nem nada que estrague uma relação a não ser que nela já existam razoes para ter mesmo ciume para ai é um alerta, mas se não por favor vivamos em paz.bom inicio de fim de semana

Hands of Time disse...

quantidade q.b.

Kunta disse...

Olá MJF

O ciúme mata o amor e o amor mata o ciúme.

Mil lambidelas

migvic disse...

Despreza-se um homem que tem ciumes da mulher, por esta identificar nele sentimentos e atitudes que não gosta de ver nela própria.

Templo do Giraldo disse...

http://templodogiraldo.blogspot.com/

Passem por aqui e comentem. SAUDAÇÕES

parvinha disse...

Adorei o teu perfil, "O caminho menos percorrido" é tão antigo(mais ao menos), tenho que o ler novamente é uma grande lição de vida.
Ciúme, será tão dificil admitir que por vezes temos uma pontinha?, é vergonhoso?,Não!
Desde que não se torne muma dor de cabeça ou numa coisa obsessiva, tudo bem.

Beijo:)

Rute disse...

EU concordo se o ciúme for doentio a ponto de tornar a vida da mulher num pesadelo.
Mas se forem os pequenos ciumes que quase todos temos, é sinal que se ama...
bejocas

Professorinha disse...

Li uma vez que o ciúme não é falta de confiança no outro, mas em si próprio...

Isso diz tudo..

Fica bem

Crestfallen disse...

Quem não sente ciumes das duas uma:

- Ou é mentiroso/a
- Ou não sente nada pela outra pessoa.

Uma relação tem de ter ciumes. É bom, o ciume causa o medo de perder essa pessoa e tentarmos fazer mais e melhor por ela. O problema é quando os ciumes se tornam dominadores, doentios. Aí, fujam!!!

Outonodesconhecido disse...

´se este fosse um tema linear não era motivo para estudos psicológicos, poesia, filmes, novelas, livros, debates e etc. etc.
ciúmes todos temos; a dimensão é que é variada de acordo com a património humano de cada um, dizem alguns um pouco de ciume sé saudável! sim, pode ser, mas quem mede? o que sente ciumes ou o que é alvo? e a sensibilidade de cad aum dele sé um bom indicador de percepção a ter em conta.
Eu amo muito e sou amada, penso que na mesma proporção (outra frase oca: onde está o aparelho que mede o amor?) sinto ciumes? depende. porém, há uma coisa que eu sinto e só por isso, passo amodestia, sinto-me abençoada por deus, o meu amor é tão grande que mesmo sofrendo prefiro abdicar dele se isso implicar maior bem estar, felicidade, paz, tal como a sentença de salomão. Pode parecer estranho, falso, doentio, mas é aamsi pura das verdades. Mas eu encontrei a minha alma gémea e nutrimos um amor demasiado grande e eterno um por o outro.
bom fim de semana

Sorrisos em Alta disse...

Acho saudável sentir um ciuminho.

Já demonstrá-lo pode fazer com que a coisa descambe para a obcessão e para a doença.

E aí já é mau. Muito mau

O Profeta disse...

Nesta baía
Quando chega ao fim do dia
As pedras dormem com o mar
Quando vem a calmaria



Bom fim de semana


Mágico beijo

Lola disse...

Loira linda

Melhor??

Still zen?

Ciúme...

Não sou sensível a ciumentos(as).

O Amor é livre, e eterno enquanto dura...

E para te citar: " Fiel é..."

Beijos e as melhoras

Gata Verde disse...

E quem sabe o que é amar como deve ser?
Cada um sabe de si...

Beijinhos e bom fds

Verônica Martinelli disse...

Ciúmes cada um tem o seu, a sua fraqueza o seu mal, que além de fazer mal a si mesmo passa a fazer mal a quem se deveria amar e passa-se a ter o desejo de possuir e não amar.

beijos!

elvira carvalho disse...

Pois eu penso que o ciúme não é prova de amor, mas consequência de uma grande insegurança.
Quando conheci o meu marido ele era extremamente ciumento. Porquê? Porque tinha amado uma jovem desde os bancos da escola e ela tinha-o trocado por outro. Como ele dizia, gato escaldado de água fria tem medo. Ou seja. O ciúme que ele tinha não era prova de amor por mim, mas insegurança, medo de que eu fizesse o mesmo que a outra tinha feito.
Um abraço, e bom fim de semana

Alien8 disse...

MJF,

RP, logo com o primeiro comentário, tirou-me as palavras da boca: o que é amar como deve ser? :)

O ciúme, pois... quem não estiver em pecado, que atire a primeira pedra!

A frase de Descartes é muito linear para o meu gosto, as coisas não são assim tão simples.

Boa opinião do outro e confiança são fundamentais. Mas o ciúme é natural e está sempre presente, em maior ou menor grau. Pode ou não ter a ver com sentimentos de posse - e os sentimentos de posse também não são necessariamente sentimentos de propriedade, se é que me faço entender. Quando o ciúme se torna demasiado presente, algo está mal.

Prefiro de longe a lealdade à fidelidade (aliás, que diabo é isso???)

A propósito, não sou ciumento. Bem, talvez um pouquinho. Na justa medida ehehehehehe!

Um beijo.

Psimento disse...

Não! Há uma forma de ciume que pode ser saudável. Mas também quando se está com alguem e quando se gosta dessa pessoa, confia-se nela, se não hover confiança mais vale terminar!
Bjs

A Lei da Rolha disse...

Acho que o cíume sempre fez parte das relações mais intensas, não sendo doentio claro, porque conheço casos que são em demasia e isso não é bom.
bfs

Casemiro dos Plásticos disse...

o ciume é algo que está "entranhado" no humano e secalhar nunca sai mas é uma maneira de mostrar um amor um pouco mais obcessivo!
beijo e boa semana.

Patricia disse...

Pois eu cá acho que os ciúmes até podem ser saudáveis quando há respeito e amor entre as duas pessoas. Por amar tanto uma pessoa eu posso ter ciúmes, não posso é deixar-me consumir pelos ciúmes e perder o discernimento.

Atever disse...

Ora aí está mais uma que dá muito que pensar.
Será o ciúme uma prova de amor, ou uma prova de autoconfiança?
Bem, eu não nego que já senti uma pontinha de ciúme mas … mas é uma porra. Somos todos muito "à frente", mas depois temos destas coisas.
Cá para mim o ciúme é uma coisa natural. Não me perguntem porquê mas se tanta gente o sente, é porque faz parte da vida.
Beijinho.

SAM disse...

Sim sim...é por causa dessa confiança nela ou nele que muitos(as) têm sido lixados! lolololol


beijo doce amiga!

Vício disse...

não há fumo sem fogo...

esse 10castes é aquele do tempo em que a mulher era tratada um pouco melhor que os animais? (ou não)

MANCHA disse...

mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha
mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha
mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha mancha

Troca Letras disse...

Preciso que me ajudem a escolher os melhore de sempre da Musica Portuguesa
Está todo aqui explicado.

Blue Angel disse...

Não e Sim!
Não porque um pouco de ciúmes numa relação demonstra que se tem medo de perder quem amamos, e revela que temos a noção que ninguém é de ninguém e que temos de conquistar essa pessoa sempre!!!
E Sim porque em demasia pode destruir a confiança e o amor. Ninguém gosta de viver controlado, encurralado ou sob suspeita de actos que não faríamos pois amamos de verdade.

É um pau de dois bicos, mas nas medidas certas... pode ser muito interessante e até saudável!!! LOL

Beijos e boa semana

Nivea

Pong disse...

Olá Maria... andas em banho?

Teté disse...

Pessoas inseguras tendem a ser demasiado ciumentas e isso, tendencialmente, estraga a relação.

Mas há quem goste dessas crises de vez em quando, que interpretam como prova de amor. Por mim, não acho piada, mas cada um sabe de si!

Jinhos e boa semana!

Olhos de mel disse...

Oie lindinha! Passei para lhe ver e desejar uma semana feliz!
Beijos

pensamentosametro disse...

Nunca,jamais poderia concordar, o que é o amor sem uma "pontinha", de ciúme?

Bjos

Tita

Alquimia disse...

Os ciúmes numa dose q.b são o tempero de uma relação. Qu história é essa do "amar como deve ser"?

Ana disse...

Para mim os ciumes demonstram insegurança da parte de quem os sente. Se são prejudiciais ou não depende da motivação da pessoa, ou seja, existem motivos factuais para os ciumes? Ou são fruto da falta de confiança?

Mena disse...

Olá!
Andei a passear por aqui e gostei bastante do que vi, mas muito mais do que li.
Bj
Mena

Visita-me!